observatório das metrópoles

Notícias

ONU destaca desigualdade em acesso a educação
na América Latina

A América Latina tem feito progressos significativos em matéria de educação, mas ainda há grandes disparidades no acesso a este direito fundamental, afirmou o Departamento da ONU para Assuntos Econômicos e Sociais.

Num relatório sobre juventude, educação e emprego, a ONU disse que ainda há uma grande distância entre ricos e pobres, assim como entre áreas rurais e urbanas e a população indígena e não indígena.

Essas desigualdades, juntamente com a má qualidade da educação e a falta de oportunidades de emprego e a pobreza, aprofundam e alimentam a migração dos jovens para fora de suas comunidades, ressalta o estudo.

Apesar dos grandes progressos na região, que atingiu um recorde na escola primária, 95% da população infantil, cerca de um terço dos jovens entre 20 e 24 anos não terminaram este ciclo do ensino básico. Além disso, quase 70% deste grupo etário não concluiu o ensino médio.

O relatório acrescentou ainda que na área trabalhista atualmente a situação da juventude é pior que há quinze anos, com 27% dos jovens nesta faixa etária sem emprego.

Fonte: http://www.un.org/spanish/News

Clique aqui para ver outras notícias

©Observatório 2000 - 2007. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Nos3 - www.nos3.com.br
Webmaster: Ricardo Sierpe - rsierpe@ippur.ufrj.br
Contatos: Metrodata - metrodata@ippur.ufrj.br