Região Metropolitana Carbonífera (SC)

Taxa de Crescimento Anual por Municípios


NOTA

A Região Metropolitana Carbonífera, uma das seis existentes em Santa Catarina, cresceu entre 1991 e 2000 pouco acima da média nacional (1,72%). Sua sede, Criciúma, repete o índice para o conjunto da RM, crescendo a 1,71% ao ano. Já os seus municípios limítrofes, Forquilhinha (3%) e Içara (2,75%), cresceram significativamente, e, em menor escala, Morro da Fumaça (1,82%) e Nova Veneza (1,16%). Ds municípios que apresentaram decréscimo, todos, menos Lauro Müller (-0,27%), tiveram por causa a criação das cidades de Treviso e Cocal do Sul.